Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Principal aliado do Hezbollah reconhece derrota no Líbano

O principal aliado cristão do Hezbollah na coalizão pró-Irã admitiu a derrota nas eleições libanesas deste domingo para a coalizão apoiada pelo Ocidente.

“A votação aponta para uma vitória da coalizão 14 de Março, e mostra também a derrota dos libaneses que tinham esperança de mudanças neste país”, declarou Michel de Chadarevian, membro do Movimento Patriótico Livre, liderado pelo ex-general Michel Aoun. No entanto, afirmou que os resultados das eleições foram fraudados, mas que pretende respeitá-los. “Infelizmente, o povo libanês escolheu outro caminho”, declarou.

Chadarevian destacou que seus partidários trabalharão com a coalizão liderada por Saad Hariri para formar um governo de união nacional. “O Líbano só pode ser governado por um gabinete de união nacional”, disse. “Se nós tivéssemos vencido, teríamos formado um governo de união”.

Procurado pela AFP, o porta-voz e deputado do Hezbollah Hassan Fadlalah não reconheceu a derrota de seu partido, alegando que os resultados definitivos ainda não foram divulgados.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!