Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Primeiro-ministro britânico lidera homenagens ao actor e director Richard Attenborough

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, liderou as homenagens, esta segunda-feira (25), ao actor e director Richard Attenborough, que morreu aos 90 anos depois de uma carreira de mais de seis décadas na indústria cinematográfica.

Attenborough morreu no domingo. O seu agente descreveu-no como um “homem realmente grandioso tanto do cinema quanto das artes”, e as homenagens vieram também dos mundos do entretenimento, dos desportes e da política.

Uma das maiores conquistas de Attenborough foi realizar o tributo cinematográfico a Mahatma Gandhi em 1982 com o épico de 22 milhões de dólares “Gandhi”, que recebeu oito Oscar, incluindo de melhor director para Attenborough.

Ele também fez fama como actor por filmes como “Jurassic Park”, “Milagre na Rua 34″ (1994) e “Fugindo do Inferno” (1963). Cameron disse que a actuação de Attenborough no filme “Brighton Rock”, de 1947, no qual ele interpretou o adolescente psicopata Pinkie Brown, foi brilhante e a sua direcção de “Gandhi” foi sensacional.

“Richard Attenborough foi um dos maiores do cinema”, escreveu Cameron no Twitter. Attenborough, irmão mais velho do naturalista e apresentador David Attenborough, sofreu um derrame em 2008 e utilizava uma cadeira de rodas.

Ele vivia num asilo para pessoas das artes cénicas. Nascido a 29 de Agosto de 1923, em Cambridge, Inglaterra, Attenborough queria actuar desde que tinha quatro anos e conseguiu uma bolsa de estudos da Academia Real de Artes Dramáticas, em 1941.

Nesse mesmo ano ele fez a sua estreia nos palcos de Londres e em 1942 teve o seu primeiro filme, “Nosso Barco Nossa Alma”, de Noel Coward. Ele depois alistou-se na Força Aérea Real, qualificando-se como piloto, e em 1944 foi voluntário numa unidade que filmava sobre a Alemanha.

Attenborough actuou numa série de filmes depois da Segunda Guerra Mundial, mas foi na direcção de “Gandhi” que estabeleceu-se como um dos grandes nomes do cinema britânico e ganhou uma série de prémios internacionais. A equipe de futebol londrina Chelsea também prestou homenagem a Attenborough, que foi presidente do clube que ele ingressou em 1969.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!