Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Primeira-Dama premiada em Washington

A Primeira-dama de Moçambique, Maria da Luz Guebuza, foi galardoada sexta feira, nos EUA, com o prémio “2009 Global Health Award”, em reconhecimento do trabalho que ela tem desenvolvido em prol da saúde no país, bem como pelo seu empenho na defesa da mulher e criança moçambicana. A cerimónia de entrega do prémio, atribuído pela Global Health Council, teve lugar na cidade de Washington, Estado da Virgínia.

Segundo a Presidente das congressistas negras norteamericanas, Gwen Moore, que fez a entrega do prémio, Maria da Luz Guebuza distingue-se através do seu trabalho nos vários distritos do país para salvar a vida de milhares de mulheres e crianças moçambicanas. Moore enfatizou que as acções levadas a cabo pela Primeira-dama de Moçambique incidem nas regiões rurais, onde o acesso aos cuidados de saúde é deficitário devido a inexistência de unidades sanitárias.

Falando a imprensa, no término da cerimónia, Maria da Luz Guebuza disse que dedica o prémio a todos os moçambicanos. A Primeira-dama considera o prémio um orgulho para Moçambique, que está a caminhar para a solução de vários problemas que afectam a população. “Dedicamos este prémio ao nosso povo, que é realmente maravilhoso, generoso, trabalhador e que está comprometido com o combate a pobreza e a fome no nosso país” referiu.

A Primeira-dama comprometeu-se a continuar a trabalhar para melhorar as condições do povo moçambicano, em particular as mulheres e crianças. “Nós nos comprometemos a continuar a trabalhar para melhorar cada vez mais as condições de vida do nosso povo, em particular da mulher e da criança. Vamos continuar a trabalhar para que as nossas crianças não passem pela mesma situação difícil que nós passamos, porque as nossas crianças são o nosso futuro e a nossa razão de ser” sublinhou.

Actualmente, a Primeira-dama, está a implementar através do seu gabinete vários projectos direccionados para a mulher e criança, entre os quais se destacam iniciativas “Criança nosso futuro”, “Juntos pelas crianças, juntos contra o sida”, “Janela de esperança”, “Criança sem malária”. Enquanto isso, outros projectos aguardam financiamento, tais como “Projecto de prevenção e mitigação do HIV/ SIDA” a ser implementado nas províncias de Maputo, Inhambane, Sofala, Zambézia e Nampula, que devera beneficiar cerca de cinco milhões de pessoas.

O Gabinete da Primeira-dama tem, ainda em carteira, outros projectos nomeadamente “Educação da rapariga de Milange, na província da Zambézia” e “Construção de centro de artes e ofícios de Muanza, província de Sofala”.

Na ocasião, também foi distinguida a Primeira-dama de Cabo Verde, Adélcia Barreto Pires. O “Global Health Award” é atribuído as pessoas que contribuem na melhoria do acesso à saúde em ‘Africa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!