Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Presumíveis ladrões sobrevivem à tentativa de linchamento em Manica

Dois indivíduos acusados de protagonizar assaltos escaparam, por um golpe de sorte, de uma tentativa de linchamento no distrito de Machaze, na província de Manica. Mas outras duas pessoas foram mortas na sequência de uma emboscada montada pelos residentes daquele ponto do país.

Dos sobreviventes, uma das vítimas ficou sem os membros inferiores e o pior não aconteceu porque as autoridades policiais intervieram a tempo.

A população que tentou fazer justiça pelas próprias mãos, alegadamente por não confiar no trabalho da Polícia, acusa os indivíduos de fazerem parte de uma quadrilha que há pelo menos dois anos semeia terror em Machaze.

Um dos membros do grupo que supostamente recorria a armas brancas, tais como machados, azagaiais e catanas para ameaçar e agredir as suas vítimas, disse que, para além de se apoderar de vários bens, abusava sexualmente as suas vítimas e submetia-as a outro tipo de maus-tratos.

Um outro meliante admitiu o seu envolvimento em alguns assaltos e contou que no dia em que ele os comparsas caíram nas mãos de populares invadiram uma residência, onde apoderaram-se de pelo menos 14 mil meticais.

“A População pegou os ladrões e começou a espancar-lhes. Duas pessoas foram queimadas vivas e a outra teve as duas pernas cortadas por ter tentado fugir quando foi capturado”, disse cidadão ao @Verdade.

A Polícia acredita tratar-se de um bando número que tem estado a aterrorizar a população e avança estar a trabalhar no sentido de desarticulá-lo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!