Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Presumíveis ladrões de adubo privados de liberdade em Manica

Quatro cidadãos encontram-se a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM) em Manica, desde segunda-feira (31), acusados de roubo de 30 toneladas de adubo num camião que tinha como destino a cidade de Chimoio.

Os suspeitos, dos quais consta um provável dono identificado pelo nome de João Alfredo, estão a ver o sol aos quadradinhos a partir das celas do Comando Distrital de Gôndola.

O @Verdade apurou que certo indivíduo denunciou às autoridades o desaparecimento do referido adubo alegadamente roubado numa empresa destinada à comercialização de fertilizantes.

Diligências feitas pela Polícia culminaram com a detenção de quatro pessoas que respondem pelos nomes de Ernesto Chancadeia e Miguel João, gestores do armazém de onde se supõe que o produto tenha sido retirado; João Alfredo, dono da mercadoria; e Neto António, motorista.

À comunicação social, Elsídia Filipe, porta-voz da PRM em Manica, disse que o adubo foi transferido do camião para uma viatura ligeira e transportado até um armazém em Gondola.

João Alfredo assumiu que o produto é seu e comprou na Beira com o objectivo de revender na cidade de Chimoio e em Vanduzi. “É a segunda vez que faço este negócio” e ninguém antes tinha se queixado de roubo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!