Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Presidente Zuma muito criticado na África do Sul

O Presidente sul-africano, Jacob Zuma, que está em Los Cabos, no México, para a Cimeira do G-20, é objecto de vivas críticas no seu país onde é acusado e ter deliberadamente evitado um confronto potencialmente embaraçoso durante o Dia Nacional da Juventude.

A tensão é viva entre Zuma e o movimento dos jovens do Congresso Nacional Africano (ANC, no poder), depois da exclusão do seu líder, Julius Malema.

Esta tensão esteve patente num comício de jovens, Sábado, em Port Elizabeth, onde alguns intervenientes foram zombados por jovens que reclamavam pelo regresso de Malema.

As forças de segurança foram obrigadas a dispersar os perturbadores. Os opositores e os analistas políticos reagiram, interrogando-se sobre o interesse dado por Zuma aos cidadãos sul-africanos comuns.

A oposição oficial, a Aliança Democrática (DA), considerou que a ausência do Presidente Zuma sugeria que dá «nenhuma importância» aos os jovens do país.

O Presidente « escolheu abandonar os jovens da África do Sul num dia dedicado às suas lutas e às suas realizações », declarou o presidente do grupo dos jovens da DA, Mbali Ntuli.

Para além disso, o porta-voz presidencial tentou minimizar o incidente, declarando que o calendário do Presidente tinha sido « ajustado » para lhe permitir participar na Cimeira do G-20.

Ele acrescentou que o Presidente Zuma iria deslocar-se igualmente ao Rio de Janeiro, no Brasil, para a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!