Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Presidente egípcio deposto Mursi é investigado por “insultar o judiciário”

As autoridades judiciais egípcias abriram uma investigação, esta Quinta-feira (4), sobre as acusações de que o presidente deposto Mohamed Mursi e outros 15 islâmicos insultaram o judiciário, disse o juiz Tharwat Hammad, impondo uma proibição de viagem a todos eles.

Foi a segunda ordem formal proibindo Mursi de deixar o país desde que os militares depuseram o político da Irmandade Muçulmana, Quarta-feira.

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!