Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Preço do bilhete nos Transposrte públicos de Maputo e Matola poderá aumentar em 100%

O preço dos bilhetes nos autocarros do transporte público de passageiros nas cidade de Maputo e Matola deverá em breve aumentar em 100%.

Segundo o jornal Magazine Independente, o Ministério dos Transportes e Comunicações consentiu aumentar o preço do bilhete que actualmente é de 5 meticais, para 10 meticais, ao haver adjudicado a implementação do bilhete electrónico nos machimbombos à empresa PMS Plataforma Multiserviços. Segundo uma fonte do semanário consta na proposta da empresa vencedora do concurso público o preço de 10 Meticais para como custo para um bilhete recarregável.

Este agravamento na tarifa dos transportes públicos deverá afectar o já parco orçamento da maioria dos citadinos de Maputo e Matola. Recorde-se que em finais de Julho o Ministro dos Transportes e Comunicações, Paulo Zucula, demitiu o Conselho de Administração dos então Transportes Públicos de Maputo por este haver sugerido a necessidade de agravar a tarifa de 5 meticais para 7 meticais. Segundo Zucula este agravamento poderia criar alguma desestabilização na capital do país pois os utentes teriam dificuldades em suporta-lo.

Entretanto, ainda de acordo o jornal Magazine Independente, a empresa PMS Plataforma Multiserviços não tem a sua situação legalizada em Moçambique – consta que está regista em Portugal – pois ainda não está registada na Conservatória de Entidades Legais e não tem o obrigatório Número Único de Identificação Tribuitária (vulgarmente conhecido por NUIT).

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!