Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Portugal: José Socrates defende plano de austeridade

O primeiro-ministro português José Socrates defendeu esta segunda-feira a aplicação de um plano de austeridade “justo e equitativo”, e expressou seu desejo de que as medidas, que devem permitir a redução do déficit público a 2,8% do PIB até 2013, sejam objeto de um “consenso político e social”.

O governo socialista apresentou esta segunda-feira os detalhes de seu programa de estabilidade econômica e de crescimento 2010-13, baseado em uma redução dos gastos, na reativação das privatizações e no adiamento de investimentos. “Este programa foi estabelecido com base nos princípios de justiça e de igualdade na redistribuição da riqueza”, declarou José Socrates em uma coletiva de imprensa.

“Não haverá aumento de impostos, com a única exceção das rendas anuais superiores a 150 mil euros, que pagarão cerca de 45% de impostos”, falou o primeiro-ministro, que defendeu igualmente a limitação das isenções fiscais para as rendas maiores e as grandes empresas. “O sistema fiscal que tínhamos beneficiava as pessoas de rendas elevadas. Queremos pôr fim à essa injustiça”, insistiu.

Este plano de austeridade, que será mostrado em uma data próxima para a Comissão europeia, e cuja apresentação detalhada está prevista para o dia 25 de março ante o Parlamento português, é “um programa centrado na diminuição dos gastos do Estado em todos os setores”, afirmou Socrates.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!