Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Portugal: José Socrates defende plano de austeridade

O primeiro-ministro português José Socrates defendeu esta segunda-feira a aplicação de um plano de austeridade “justo e equitativo”, e expressou seu desejo de que as medidas, que devem permitir a redução do déficit público a 2,8% do PIB até 2013, sejam objeto de um “consenso político e social”.

O governo socialista apresentou esta segunda-feira os detalhes de seu programa de estabilidade econômica e de crescimento 2010-13, baseado em uma redução dos gastos, na reativação das privatizações e no adiamento de investimentos. “Este programa foi estabelecido com base nos princípios de justiça e de igualdade na redistribuição da riqueza”, declarou José Socrates em uma coletiva de imprensa.

“Não haverá aumento de impostos, com a única exceção das rendas anuais superiores a 150 mil euros, que pagarão cerca de 45% de impostos”, falou o primeiro-ministro, que defendeu igualmente a limitação das isenções fiscais para as rendas maiores e as grandes empresas. “O sistema fiscal que tínhamos beneficiava as pessoas de rendas elevadas. Queremos pôr fim à essa injustiça”, insistiu.

Este plano de austeridade, que será mostrado em uma data próxima para a Comissão europeia, e cuja apresentação detalhada está prevista para o dia 25 de março ante o Parlamento português, é “um programa centrado na diminuição dos gastos do Estado em todos os setores”, afirmou Socrates.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!