Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Portugal busca dados sobre soldados mortos em Moçambique

Portugal deverá iniciar em meados de 2011 um processo de “levantamento exaustivo” de dados dos seus militares mortos em Moçambique durante a guerra colonial, apurou o Correio da manhã de fonte adequada da Embaixada daquele país europeu em Maputo.

A medida deverá culminar com a transladação de corpos e “uma maior dignificação dos locais onde estão enterrados os restos mortais dos portugueses mortos durante a guerra colonial em Moçambique”.

Esta indicação foi dada em exclusivo ao Cm pelo embaixador de Portugal em Moçambique, Mário Godinho de Matos, tendo salientado que o esforço foi antecedido por um outro realizado ao longo do segundo semestre de 2010 por uma missão militar portuguesa que, em Moçambique, consistiu na identificação dos espaços onde jazem alguns finados.

O diplomata referiu que esta iniciativa se enquadra num processo mais abrangente e que está a decorrer ou em vias de tal noutros teatros de operações militares em que os portugueses estiveram em África, designadamente Moçambique, Angola e Guiné-Bissau.

O programa de identificação e levantamento dos exsoldados portugueses deverá culminar ainda com a edificação de vários espaços destinados a acolher os corpos de antigos soldados portugueses mortos durante a luta armada de libertação de Moçambique por antigos guerrilheiros da FRELIMO.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!