Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Porto de Pemba poderá servir Malawi e Tanzânia

O Porto de Pemba poderá ser porta de entrada e saída das mercadorias do Malawi e do sul da Tanzânia, com a conclusão da estrada em reabilitação ligando as cidades de Pemba e Lichinga, respectivamente, capitais das províncias de Cabo Delgado e Niassa.

Quem assim vaticina é o director daquele empreendimento portuário, Ório Benzane, o qual sublinhou que a rodovia, cujo restauro está a cargo da construtora “CMC”, trará uma mais valia a estas duas províncias do norte do país.

Segundo Benzane, serão escoados através dessa estrada e com destino à Cabo Delgado, e em particular ao Porto de Pemba, o tabaco e o algodão, e, no sentido inverso, diferentes mercadorias importadas.

A fonte explicou que o sul da Tanzânia poderá ser, igualmente, um potencial utente da mesma estrada que levará ao mencionado porto, para o esc oamento, diversos produtos provenientes daquela região.

O Malawi é o tradicional utilizador do Porto de Nacala, que o liga à saída pelo mar através duma linha-férrea de cerca de 500 quilómetros de extensão.

Através da mesma linha e porto, Blantyre exporta tabaco e açúcar e importa combustíveis, fertilizantes, materiais de construção e outro tipo de mercadoria.

Para além de utilizar , igualmente, a via rodoviária, muito degradada em diferentes partes do território moçambicano. A opção pela estrada em reabilitação será uma alternativa, mas aparentemente dispendiosa e longa em relação à linha férrea.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!