Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Populares da Beira lincham mais um cidadão acusado de roubo

Um cidadão morreu vítima da justiça pelas próprias mãos promovida por um grupo de populares do bairro da Munhava, o mais populoso da cidade da Beira, província de Sofala. O malogrado, que aos olhos dos protagonistas do acto era um ladrão, foi supostamente surpreendido a tentar assaltar um casal, na madrugada de segunda-feira (16).

A multidão que acabou com a vida do indivíduo cuja identidade não apurámos, alegou que não era a primeira vez que o finado se envolvia em assaltos na via pública e em residência.

O malogrado vivia também no bairro da Munhava e era conhecido por algumas pessoas que instigaram a violência que culminou com a sua morte. Mas nem o facto de serem vizinhos impediu a prática da justiça pelas próprias mãos, acto que é condenado pelas autoridades policiais e governamentais.

Segundo testemunhas, o suposto larápio, que fazia parte de outros quatro gatunos, trajava fardamento militar e da Polícia de Protecção como forma de intimidar as suas vítimas e desapossá-las dos seus bens.

De Janeiro a esta parte, pelo menos 11 pessoas morreram linchadas em Sofala, acusadas de vários crimes.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!