Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ponte sobre Muculumba em reabilitação

Estão em curso, finalmente, as obras de reabilitação da ponte sobre o rio Muculumba, no distrito de Memba, na província de Nampula, trata-se de uma infra-estrutura de vital importância e que se encontrava destruída e abandonada há cerca de duas décadas, em consequência de alegada incapacidade do governo para financiar a empreitada.

A cargo da empresa portuguesa OPWAY, antiga OPCA, as obras consistirão na consolidação dos pilares, em número de vinte e dois, construção de um novo tabuleiro de betão, com cerca de cem metros, entre outras actividades que consumirão um total de 47 milhões de meticais alocados pelo Fundo Nacional das Estradas.

José da Piedade, encarregado da obra, disse à nossa reportagem que os trabalhos são supostos terminarem em Julho do ano em curso, segundo consta dos prazos. Estamos a fazer todo um conjunto de esforços para que os prazos sejam cumpridos-frisou a fonte.

A ponte sobre o rio Muculumba, estabelece a ligação entre os postos administrativos de Lúrio e Chipene, com o resto da província de Nampula e em virtude da sua destruição, na década de noventa, tal comunicação era feita debaixo de inúmeras dificuldades, em período seco, uma vez que o caudal das águas das chuvas não permitia que tal fosse feito em tempo chuvoso.

O distrito de Memba, que possui uma rede viária de pouco mais de duzentos quilómetros, segundo o plano de reabilitação planificada de estradas, despendeu o ano passado 1,9 milhões de meticais em obras de manutenção, valor que prevê seja gasto no presente, uma vez que as chuvas que tem vindo a cair nos últimos tempos, estão a danificar o piso terraplanado.

Para além de pessoas, que buscam lazer nas suas belas praias, produtos pesqueiros, agrícolas, passam ainda pelas estradas de Memba camiões de madeira que tem o porto de Nacala como local de embarque para os mercados asiáticos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!