Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia detém compradores de cornos e patas de rinocerontes em Magude

Cinco cidadãos identificados pelos nomes de Jakobus Nande, de 62 anos de idade; Mateus Mulhur, de 36 anos de idade; Francisco Fabião, de 24 anos de idade; Manuel Sambo, de 25 anos de idade; e um identificado pelo nome de Boa, de 31 anos de idade, estão a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM) em consequência de terem sido surpreendidos a comprar cornos e patas de rinocerontes, no último domingo (06), no bairro de Mawanja 01, na vila de Magude, na província de Maputo.

Jakobus Nande e Mateus Mulhur são naturais de Muxúngue, no distrito de Chibabava, província de Sofala, mas no momento da sua detenção vinham da República da África do Sul para comprar cornos e patas de rinocerontes em Moçambique, segundo um nota de Imprensa enviada ao @Verdade, pelo porta-voz da PRM, Emídio Mabunda.

Consta que Francisco Fabião e Boa (este é natural de Zonguene, na província de Gaza), residentes da África do Sul, são acusados de serem intérpretes e guias da África do Sul até ao local onde seria concretizado o negócio, em Magude.

Manuel Sambo é curandeiro natural e residente em Mawanja. Ele é indiciado de fornecer patas e cornos de rinocerontes aos supostos caçadores e vendedores ilegais. Em virtude destes crimes, a Polícia apreendeu e conservou as patas em causa e a viatura dupla cabine, com a matrícula CVB 685 L, na qual os malfeitores se faziam transportar.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!