Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia apreende nove mil notas falsificadas de metical na Beira

Pelo menos nove mil notas de mil falsas do metical foram apreendidas pelas autoridades policiais na Beira, tendo sido detidos em conexão com o caso três indivíduos, ora encarcerados na 7ª esquadra, vulgo Brigada Montada, no Alto da Manga, na província central de Sofala.

Segundo o jornal Diário de Moçambique, os detidos respondem pelos nomes de Alberto Alfaiate Mota, de 26 anos de idade, Domingos Luís José, 25, e Tomé Ernesto, de 38, por prática de crime punível nos termos da Lei no país.

A Polícia da República de Moçambique (PRM) deteve primeiro Mota, denunciado por um proprietário de um estabelecimento comercial localizado naquela urbe, quando pretendia comprar um litro de óleo, com uma nota falsa de mil meticais.

Por sua vez, Mota aponta Domingos Luís José e Tomé Ernesto como sendo os seus comparsas, tendo a polícia recuperado destes os restantes oito mil meticais.

Alberto Mota disse à polícia ter vendido um congelador a uma pessoa que lhe passou as referidas notas falsas, que não teve a atenção de controlar.

De acordo com o oficial da imprensa no comando provincial da PRM em Sofala, Mateus Mazibe, decorrem diligências, visando a neutralização do referido comprador do congelador, que pode fazer parte da quadrilha.

Aquela fonte policial disse que de facto está a circular dinheiro falso e apela para que as pessoas tenham todo o cuidado, devendo verificar as características de segurança existentes no dinheiro verdadeiro.

“Temos que ter o cuidado de verificar o dinheiro de forma que não sejamos enganados, que querem ganhar falsamente”, alertou Mazibe.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!