Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pio Matos saboreou ser população depois de doze anos como edil de Quelimane

Pio Matos, o presidente demissionário do Concelho Municipal de Quelimane, esteve na praça dos heróis, esta quarta-feira, aquando da celebração do dia dos Acordos de Lusaka. Só que, desta vez, Pio esteve no lugar da população, ou seja, ali onde os munícipes têm estado. Mais uma vez viu-se mesmo que o filho do falecido Matos, um português agricultor (já falecido), já não é presidente da edilidade.

As cerimónias de deposição de flores foram dirigidas pela Secretária Permanente da Zambézia, Claudina Mazalo. Calmo e sereno, Matos foi acompanhando o desenrolar da cerimónia e metido no meio de algumas pessoa não muito habituais, claro, longe do local onde estavam os membros do governo provincial e do partido Frelimo.

Foi a primeira cerimónia que Pio Matos aparece como um simples cidadão, munícipe de Quelimane, já que o 21 de Agosto de 2011 foi o último em que ele dirigiu como edil de Quelimane, ao não ser que concorra como independente (mas não), para as eleições intercalares marcadas para 7 de Dezembro próximo. Coisas da política, hoje lixo ontem ouro.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!