Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Philips quer ajudar o governo a reduzir mortalidade materna

A Royal Philips Electronics, mais conhecida por Philips, reiterou a vontade de trabalhar com o governo moçambicano na melhoria qualitativa dos cuidados maternos, com vista a reduzir as actuais taxas de mortalidade que o país ainda regista.

A determinação foi expressa, sexta-feira, em Maputo, pelo director regional da Philips para África, JJ van Dongen, durante uma conferência de imprensa destinada a apresentar os resultados do ‘roadshow Philips’ que está a realizar por 13 países africanos, iniciado na cidade sul-africana do Cabo e vai terminar no Cairo, Egipto.

O foco principal do roadshow 2011, que já passou por cidades como Cabo, Durban, Maputo devendo escalar ainda as urbes de Gaberone, Dares-Salaam, Luanda, Kinshasa, Nairobi, Addis Abeba, Abuja, Casablanca até ao Cairo é sobre os cuidados de saúde maternoinfantis e a saúde da mulher, em apoio aos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM), visando melhorar o sector da saúde em África.

Dongen, citando dados estatísticos da Organização Mundial da Saúde (OMS), afirmou que apenas 50 por cento da população moçambicana tem acesso a um nível aceitável de cuidados de saúde. De um modo geral, o estado de saúde da população está abaixo da média dos países africanos e muito inferior aos padrões internacionais.

A Philips, com o seu parceiro local a empresa Tecnologia Hospitalar e Laboratorial (THL), trabalhará, por exemplo, com o Ministério da Saúde (MISAU) na modernização da unidade de radiologia do Hospital Central de Maputo (HCM) para um sistema digital.

O desenvolvimento permitirá a criação de um centro nacional de excelência no HCM, que passará a dar apoio a todo o território nacional em todos os aspectos relacionados com a radiologia.

Além disso, a THL está a instalar 20 sistemas de Raio X nas restantes 10 províncias do país levando soluções avançadas de saúde às pessoas que até então não dispunham deste tipo de tecnologia.

A instalação destas unidades é parte do esforço que o MISAU está a empreender para melhorar o acesso à saúde, oferecendo serviços de diagnóstico com mais qualidade tanto nas zonas rurais quanto urbanas.

A Royal Philips Electronics é líder global em cuidados com a saúde, iluminação e produtos de consumo e estilo de vida, oferecendo inovações, serviços e soluções por meio da sua promessa de marca ‘sense and simplicity’.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!