Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pergunte à Tina se podes fazer circuncisão padecendo de hipospadia

Estou há dois anos a querer fazer a circuncisão. Fui ao hospital e disseram que tenho hipospadia. Tenho que fazer uma cirurgia. Marquei a consulta e aguardei dois meses; quando fui ao médico ele disse que aquilo não era nada, podiam fazer. Marcaram o dia e quando voltei encontrei outro médico, que disse que tenho que fazer cirurgia, tendo marcado outro dia. Assim, até hoje não consigo fazer a circuncisão. Que eu tenho hipospadia eu não sabia, porque não sinto nenhum efeito, nenhuma dor, a única diferença que consegui constatar é que a parte donde sai a urina no pénis é muito grande. Peço ajuda, d. Tina. Boa tarde e obrigado.

Olá meu querido leitor. Até receber a tua mensagem, eu também não sabia e nunca tinha ouvido falar de hipospadia. É uma malformação congénita, caracterizada pela abertura anormal do orifício por onde sai a urina (meato urinário).

Quando se diz uma malformação congénita isso significa todo o defeito na formação de um órgão (pode ser a cabeça, podem ser os membros, os órgãos sexuais, etc.) quando o bebé está ainda na barriga da mãe. Em muitos casos esta malformação pode ser tratada quando a criança nasce ou na infância e adolescência.

Apesar de não sentires dores e nem desconforto, não quer dizer que não devas fazer uma cirurgia, até porque deve ser uma forma de evitar que te- nhas outro tipo de complicações mais tarde. Acredito que os médicos estão certos em dizer que é possível operar. Por enquanto, não deves entrar em pânico, pois o atraso na cirurgia deve ser um processo normal dos nossos hospitais.

As cirurgias que não são consideradas de “vida ou morte” geral- mente levam algum tempo a ser realizadas. Aconselho-te a conversares com o médico sobre como podes evitar contrair infecções de todos os tipos, principalmente as de transmis- são sexual. Boa saúde para ti.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!