Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pergunta a Tina… Sinto dores no canal que conduz a urina, já fui medicado várias vezes mas não passa. O que pode ser?

Oi Tininha, aqui tudo bem! 1º dizer que gosto do jornal @verdade. Em segundo lugar te parabenizo muito pelo árduo trabalho que tens prestado no jornal, por isso não tenho dúvida e medo em afirmar que és um anjo que o único emissor foi Deus para a terra. Chamo-me James da Polana Caniço. Sinto dores no canal que conduz a urina, já fui medicado várias vezes mas não passa. O que pode ser? estou muito preocupado. Obrigado

Olá James, como disse logo no princípio da coluna, obrigada pelos elogios que me fazem querer continuar a trabalhar. No fundo, as dúvidas que recebo, também são minhas, e por isso dá-me prazer procurar respostas.

Quanto a tua pergunta, teria sido mais fácil investigarmos se partilhasses o primeiro diagnóstico. Com base nisso, seria fácil investigarmos outras possíveis razoes. As doenças da uretra podem ser causadas por várias razões, algumas delas relacionadas com o próprio desenvolvimento deste canal. Há pessoas que desenvolvem certas infecções pela mal formação da uretra, logo desde pequenos.

Outras vezes doenças como a Infecção Urinaria, Infecções de Transmissão Sexual (incluindo o HIV) podem ser as causas desta dor. Entretanto, quando vamos ao médico, muitas vezes não contamos toda a historia completa do desenvolvimento.

Quando chegas ao Centro de Saúde e não explicas tudo, quem te receber pode pensar que é uma coisa simples e dar-te apenas um analgésico. Eu sugiro que procures um medico urologista (são médicos que se especializam com o tratamento de doenças no trato urinário, incluindo os rins, ureter, bexiga e uretra).

Podes encontrar estes especialistas nos grandes hospitais do País. Vale a pena também fazer testes para excluir a possibilidade de ser uma doença de infecção sexual. Boa saúde para ti.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!