Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pergunta a Tina… Quando faço sexo com o meu parceiro costumo sentir dores. Eu queria saber o que estará a acontecer comigo?

Olá Tina, tudo bem? Espero que estejas bem. Tenho 18 anos e uma pequena dúvida. Quando faço sexo com o meu parceiro costumo sentir dores. Eu queria saber o que estará a acontecer comigo. E também gostaria de saber se o corrimento não prejudicara a minha saúde e a dele. Quais sãos os métodos de prevenção? Neusa

 

Olá querida! Mmm…estou a desconfiar de que tu deves ser a namorada do moço que respondemos na coluna passada, ou não? Mesmo assim, se não te importas eu vou repetir a resposta que eu dei na coluna que saiu no Jornal @Verdade, na edição do dia 28 de Janeiro. A dor durante o acto pode estar associada a várias razões, tanto psicológicas como orgânicas.

 

Se, por exemplo, não sentes desejo sexual, e não estás suficientemente lubrificada, podes sentir dor quando o teu namorado penetrar o pénis na tua vagina.

Entretanto, mesmo sentindo desejo sexual podes sentir dor porque tens alguma infecção tanto no sistema reprodutor como no sistema urinário. Por exemplo, quando tens uma infecção de transmissão sexual, quando sofreste alguma lesão no teu útero ou vagina, podes sentir dores antes, durante ou depois do acto sexual.

Quanto ao corrimento vaginal, diria que é um fluxo ou descarga vaginal, que sai com um volume aumentado, e que muitas vezes é acompanhado de mau cheiro, comichão, irritação e ardência na área genital.

O corrimento está geralmente associado ao desenvolvimento de fungos (ou bactérias) na flora vaginal, ou a alguma ITS. De forma geral, o corrimento não associado a algum tipo de vírus é normal e pode aparecer mais de 5 ou 6 vezes por ano, e é fácil de se tratar.

O corrimento associado a uma ITS é que requer um tratamento com antibióticos, de forma consistente, para evitar a resistência do vírus. O corrimento é prejudicial à saúde física e emocional, porque em estado avançado pode provocar complicações não só na vagina, como também no útero, e até causar infertilidade ou, em caso de mulheres grávidas, a interrupção involuntária da gravidez.

Em ambos os casos, é necessário que vás procurar ajuda de um/a médico/a ginecologista que te possa ajudar a diagnosticar a verdadeira causa: a) da dor durante o acto sexual e b) do corrimento. E não te esqueças de usar sempre o preservativo.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!