Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pergunt à Tina o que fazer se o teu namorado não te satisfaz sexualmente

Oi, tudo bem? Eu tinha quase tudo para estar bem mas estou mal: estou com o meu namorado há 11 meses. Já me relacionei com outros parceiros de várias idades; o que acontece é que o meu não me satisfaz sexualmente. Agora evito transar com ele só para não me frustrar. Com ou sem fantasia, é tudo a mesma coisa. O que faço?

Eish, amiga, essa é quente. Como te posso responder? Sabes, a questão da insatisfação sexual das mulheres continua a ser um assunto pouco falado porque ele é causa da questão da opressão dos direitos sexuais das mulheres.

Até há bem pouco tempo, nem se falava dos direitos sexuais das mulheres porque acreditava-se que o seu papel era o de satisfazer os homens ou até de receptora apenas da ejaculação masculina.

Então, enquanto a minha sugestão seria de reclamares junto ao teu namorado para uma maior satisfação, estou consciente de que isto pode ter consequências negativas na vossa relação.

Assim, se calhar levantares o assunto de forma menos agressiva para o Ego dele (os homens sentem-se feridos quando são acusados de incompetência sexual).

A forma que costuma funcionar é de tu falares sobre o teu corpo: diz ao teu namorado que tu conheces o teu corpo, e sabes quais são as partes do teu corpo que te causam excitação sexual e que se tocadas podem acelerar a tua satisfação sexual e ensina-lhe como é que ele pode chegar lá.

Tens que explicar-lhe que os corpos das mulheres, apesar de serem parecidos, não são iguais e que mesmo que ele tenha sido capaz de satisfazer fulana ou beltrana, o teu corpo é diferente do delas, e precisa de outro tipo de atenção.

Mas não precisas de lhe concentrar, e ficares zangada. Fala com carinho e gestos sensuais, pode ser que ajude. Agora, nessas tuas fantasias, evita colocar em risco a tua saúde ao expores-te ao sexo sem protecção. Força!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!