Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pequim bloqueia acesso à Internet

A China bloqueou nesta terça-feira o acesso a Twitter, Flickr e a outros sites de relacionamento na internet, na véspera da comemoração do 20º aniversário da repressão da praça da Paz Celestial, Tiananmen, informou a organização Repórteres sem Fronteiras (RSF), que se mostrou “escandalizada” com o bloqueio.

A RSF denunciou também bloqueios do YouTube, Bing, Opera, Live, WordPress ou Blogger, em comunicado. “As autoridades de Pequim não recuam diante de nada para impor o silêncio sobre o que aconteceu há 20 anos nesta praça”, prosseguiu a RSF. “Bloqueando o acesso a sites utilizados diariamente por milhões de internautas chineses, o governo prefere apostar na censura e na segurança a qualquer preço, do que aceitar um debate sobre este importante episódio da China contemporânao”, declarou a organização.

Ouvidos pela AFP, o gigante de informática americana Microsoft não havia reagido na tarde desta terça-feira. O YouTube é inacessível desde março na China, segundo o americano Google.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!