Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pelo menos 17 morrem num suposto ataque do Boko Haram na Nigéria

Supostos militantes do grupo islâmico Boko Haram mataram pelo menos 17 pessoas e sequestraram dezenas numa série de ataques na região central do Estado de Borno, no nordeste da Nigéria, disse o chefe de um governo local, este domingo (26).

As matanças, ocorridas na quinta-feira, são o mais recente de uma série de ataques de supostos insurgentes do Boko Haram, apesar do anúncio de um cessar-fogo por parte do governo da Nigéria e as negociações em andamento com o grupo no vizinho Chade.

“Dezassete pessoas foram mortas pelos agressores no ataque da quinta-feira na comunidade Ndongo”, disse aos jornalistas Alhaji Shettima Maina, chefe do governo local do distrito de Mafa.

“Nós enterramos as vítimas em Mafa na sexta-feira.” Os funcionários do governo do Chade e da Nigéria têm atribuído os ataques a facções dissidentes do Boko Haram e bandidos – ambos apresentando-se como membros do Boko Haram.

As autoridades de ambos governos dizem que estão confiantes em alcançar um acordo com os militantes islâmicos, que poderia acabar com o conflito no nordeste da Nigéria e resultar na libertação de mais de 200 estudantes nigerianas que foram sequestradas em Abril.

Mas os contínuos assassinatos e sequestros lançam dúvidas sobre o cessar-fogo. Maina disse que cerca de 30 jovens foram sequestrados nos últimos dois dias na região.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!