Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Parlamentares do Irão pedem pena capital para opositores

Parlamentares iranianos pediram ao Judiciário esta terça-feira que aplique a pena de morte a líderes oposicionistas que eles acusam de fomentar tumultos em uma manifestação na segunda-feira, informou a mídia estatal. Pelo menos uma pessoa foi morta e dezenas ficaram feridas, segundo a mídia estatal.

No entanto, um membro do Parlamento, Kazem Jalalai, disse que nos conflitos duas pessoas morreram, uma delas baleada, de acordo com a agência estudantil de notícias Isna. Na segunda-feira houve confrontos entre forças de segurança e manifestantes quando milhares de simpatizantes da oposição saíram às ruas de Teerão numa passeata de apoio aos levantes no Egito e Tunísia, revivendo os protestos de massa que abalaram o Irã depois da eleição presidencial de 2009.

“Mehdi Karroubi e Mirhossein Mousavi (líderes oposicionistas) são corruptos na terra e deveriam ser julgados”, disseram parlamentares em um comunicado, segundo a agência estatal de notícias Irna. O texto foi assinado por 222 dos 290 parlamentares. A expressão “corruptos na terra”, acusação já feita no passado contra políticos dissidentes, pode ser motivo de pena de morte no país, um Estado islâmico.

O porta-voz do Judiciário, Gholamhossein Mohseni-Ejei, disse: “Aqueles que provocaram desordem pública na segunda-feira serão confrontados de modo firme, imediatamente.” As autoridades iranianas costumam acusar os líderes da oposição de integrarem um complô ocidental para derrubar o regime islâmico. A acusação é negada por Mousavi e Karroubi.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!