Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Papa lembra os horrores da Segunda Guerra Mundial

O Papa Bento XVI lembrou nesta quinta-feira os horrores da Segunda Guerra Mundial durante um concerto de música clássica organizado em Roma para lembrar o início do conflito, há 70 anos. “A guerra afectou muitos povos inocentes da Europa e de outros continentes, enquanto o Holocausto feriu o povo judeu, alvo de um extermínio programado”, afirmou o Papa ao término do concerto “Os Jovens contra a Guerra”, organizado pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos.

No término do concerto, ao qual assistiu o presidente da República italiana Giorgio Napolitano, o Papa alemão lembrou o controverso Pio XII, Papa entre 1939 e 1958, acusado por alguns historiadores e personalidades judias de ter mantido silêncio ante o Holocausto.

“Pio XII lançou emocionados apelos à razão e à paz, mas ninguém infelizmente conseguiu deter esta enorme catástrofe”, disse. Ele falou ainda da queda do muro de Berlim há 20 anos, um acontecimento que representa o símbolo eloquente do final dos regimes totalitários comunistas do leste europeu. “A queda do muro demonstrou que as liberdades fundamentais não podem ser reprimidas e sufocadas por muito tempo”, comentou.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!