Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Países da CPLP criam associação de empresas portuárias

Participantes à terceira reunião dos representantes das empresas portuárias dos países membros da Comunidade de Língua oficial Portuguesa (CPLP), incluindo Moçambique, decidiram criar uma associação, por acreditar que a mesma irá reforçar a cooperação entre os integrantes e dinamizar as trocas comerciais no seio do grupo.

 

 

O encontro decorreu entre os dias 2 a 3 de Dezembro, no Centro de Convenções de Talatona, em Luanda, República de Angola, e a comitiva moçambicana foi liderada pelo Presidente do Conselho de Administração dos Caminhos de Ferro de Moçambique, Rosário Mualeia.

Outra destacada decisão da reunião foi a activação de um projecto integrado de formação de mão-de-obra portuária e marítima, uma vez reconhecida a importância dos serviços portuários, para o desenvolvimento dos respectivos países e da comunidade.

Relativamente ao estudo de mercado, apresentado pela associação dos Portos de Portugal, ficou patente a existência de um forte potencial para o aumento das trocas comerciais entre os países da CPLP, tendo sido identificadas oportunidades que a comunidade espera serem consolidadas, no primeiro trimestre de 2011, com a apresentação do relatório final, numa reunião a ter lugar em Moçambique.

Os representantes dos portos da CPLP reconheceram o papel crucial das administrações portuárias, nos procedimentos conducentes a um maior e melhor controlo das mercadorias, condição, igualmente, indispensável à garantia da eficiência dos serviços.

Consideram ser urgente dar atenção aos portos, enquanto sectores estratégicos e de enorme relevância para o processo de criação de valor.

Concluíram que a constituição de plataformas logísticas, como complemento dos portos, contribui para aumentar a competitividade, melhora as infra-estruturas e a operacionalidade de um terminal portuário, implicando ganhos importantes na cadeia de abastecimento de um país, ou de uma região.

Para além de representantes de Moçambique, participaram na reunião delegados do país anfitrião (Angola), Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Portugal e de São Tomé e Príncipe.

O primeiro encontro deste grupo de países foi realizado, em Portugal, em 2008, o segundo no Brasil, em 2009. Ficou decidido que a próxima reunião, programada para 2011, vai decorrer em Cabo Verde.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!