Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Opositor mauritano denuncia campanha eleitoral

O presidente da Convergência para a Alternância Democrática (CAP) na Mauritânia, Bodiel Ould Houmeid, denunciou vivamente, Quarta-feira (1), «uma campanha eleitoral disfarçada utilizando recursos do Estado» por parte dos responsáveis governamentais através duma série de deslocações ao interior do país.

Vários membros do Governo mauritano estão actualmente em campanha eleitoral no interior do país para explicar e comentar «as várias realizações políticas e socioeconómicas» do Presidente Mohamed Oul Abdel Aziz.

Antigo ministro sob os regimes de Maaouya Ould Sid, Ahmed Taya e Sidi Mohamed Ould Cheikh Abdallah, o líder do CAP rejeitou as propostas recentes do ministro do Interior, anunciando para  breve «a organização de eleições legislativas e municipais».

Ele considerou tratar-se duma «interferência flagrante nas prerrogativas, nas competências e no trabalho da Comissão Eleitoral Nacional independente (CENI), no quadro dum processo concertado entre todos os actores políticos».

As eleições legislativas e municipais estavam previstas pelo calendário republicano para  novembro de 2011.

Ele convidou o Governo a «uma estrita neutralidade e ao cumprimento estrito da sua missão com o registo da população para constituir os cadernos eleitorais».

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!