Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Operações no sul da Itália resgatam 4.000 imigrantes

O serviço de guarda costeira e a marinha militar da Itália informaram nesta sexta-feira do resgate de 4.000 imigrantes que viajavam em embarcações localizadas no Mediterrâneo ao sul do país.

A guarda costeira detalhou que 3.400 pessoas estavam a bordo de 28 lanchas e seis pequenos botes.

Nessas operações participaram unidades da guarda costeira, da marinha militar italiana do dispositivo Mare Sicuro e uma embarcação inglesa do plano europeu Eunavfor Med.

Além disso, os imigrantes foram resgatados por um navio de bandeira irlandesa e várias embarcações das ONGs MOAS (Migrants Offshore Aid Station), SOS Mediterranée, Jugend Rettet, Sea Watch e Sea Eye.

Por outro lado, a marinha militar informou que hoje recuperou mais de 600 pessoas no marco da Mare Sicuro, operação que patrulha o Canal da Sicília.

A operação Mare Sicuro começou em março de 2015 após a piora da crise na Líbia e pelo que foi necessário potencializar o dispositivo naval desdobrado pela marinha militar no Mediterrâneo central.

Além disso, desembarcaram no porto de Lampedusa as 137 pessoas resgatadas ontem pelas embarcações CP302 e CP303 da guarda costeira, que socorreram estas pessoas que naufragaram ao sul dessa ilha siciliana.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!