Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

ONU aponta “mexicanização” do tráfico de drogas na África

O tráfico de drogas a partir da África Ocidental está a seguir o mesmo caminho do México, com traficantes locais assumindo um crescente controle sobre um sistema cada vez mais sofisticado para a venda de cocaína para os mercados ricos ao norte, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU).

O volume de cocaína apreendido na África Ocidental antes do envio à Europa caiu nos últimos anos, mas isso só significa que o tráfico está a sofisticar-se, segundo Alexandre Schmidt, chefe regional na África Ocidental do Escritório da ONU para Drogas e Crimes. “Significa que há um reposicionamento das rotas do tráfico, e que os traficantes de drogas têm meios muito mais sofisticados e estão usando mais rotas”, disse ele num evento no Senegal.

O fluxo de cocaína pelos frágeis Estados africanos rumo à Europa tem dominado a pauta internacional da fiscalização antidrogas, e os especialistas alertam que o narcotráfico pode corromper os Estados, espalhando a instabilidade e abalando as economias regionais. O valor das drogas traficadas pela África Ocidental em 2009 é estimado em 800 milhões de dólares, o que equivale a grandes parcelas do Produto Interno Bruto (PIB) de vários países da região.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!