Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

“O Clube de Chibuto deve indemnizar os jogadores feridos em Muxúnguè”

A direcção do Ferroviário de Quelimane afirma que o Clube de Chibuto deve indemnizar os seus antigos jogadores pelos ferimentos contraídos durante uma investida dos homens armados supostamente da Renamo, em Muxúnguè.

Em contacto telefónico com o @Verdade, o secretário-geral do Ferroviário de Quelimane, Abel Soca, manifestou total indignação com o sucedido, em que dois jogadores oriundos do seu clube, Bud e Chule, contraíram ferimentos graves durante mais um ataque das forças armadas supostamente da Renamo, em Muxúngué.

De acordo com aquela fonte, que falava em nome da colectividade, o Ferroviário de Quelimane nunca foi contactado pelo Clube de Chibuto a respeito da contratação dos referidos atletas. “Eles saíram de forma clandestina. Soubemos recentemente que eles foram aliciados pelo conjunto de Gaza, mas nada que seja oficial. Nem sequer fomos consultados, o que encerra um grave atropelo à política de contratações”, acusou Souca.

Ainda assim, entende o dirigente desportivo que não faz sentido que os jogadores façam viagens terrestres a convite de um clube de futebol, “sobretudo num momento de tensão político-militar, como este que se vive no Centro do país”. “Se alguma infelicidade assolou os jogadores, então o Clube de Chibuto deve ser responsabilizado. Eles devem indemnizar as vítimas”, salientou.

“Eles são uma colectividade experiente e com uma relativa pujança financeira capaz de pagar passagens aéreas aos jogadores. Não havia necessidade de eles viajarem de estrada”, comentou, Abel Soca, em manifesta referência ao Clube de Chibuto.

De recordar que Bud e Chule ficaram feridos, nesta quarta-feira (15), em Muxúnguè, durante mais uma investida dos homens armados supostamente do maior partido da oposição, RENAMO, em Muxúnguè, no centro do país.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!