Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

O caso do Secretário da OJM que recebia salários como professor sem dar aulas

Mesmo que o professor Momade Juízo, por sinal, Secretário Provincial da Organização da Juventude Moçambicana, ter refutado as acusações que pesam sobre ele segundo as quais mesmo sem dar aulas recebia salários na escola Industrial e Comercial 1º de Maio em Quelimane, durante um ano lectivo inteiro, agora é a vez do director provincial de Educação nesta parcela do país, José Luís Pereira, que já alertou ao infractor que o sector que dirige, vai levar este caso ate onde der, porque de acordo com Pereira, o professor estava consciente de que não dava aulas naquele estabelecimento de ensino, dai que poderia ser mais prudente e exemplar.

Numa outra alusão, o director provincial disse também que o sector que dirige vai tomar medidas administrativas para que Momade Juízo seja responsabilizado pelos seus actos. Direcção da escola também na berlinda Nesta mesma ocasião, de acordo com aquele dirigente, a direcção da escola Industrial e Comercial 1º de Maio, será também responsabilizada, porque sabia isso estava acontecer, mas nunca reportou.

Para Pereira, aqui a direcção também tem culpa, dai que não há como não sancionar, sabendo que é dinheiro do erário público que foi pago alguém que nem sequer cumpriu com as obrigações. “Não vamos tolerar estas atitudes, dai que medidas punitivas virão, para Momade Juízo assim como para a direcção da escola”-garantiu a fonte.

Quando questionado pela imprensa sobre o outro lado que Momade Juízo carrega, neste caso, o cargo de Secretário Provincial da OJM na Zambézia, José Pereira, director provincial de Educação, explicou que este outro lado do professor não tem nada a ver com o sector. “Aqui há normas, dai que cada um é o que é onde é”-disse Pereira para depois garantir mais uma vez que “mesmo que ele seja da OJM, as medidas serão tomadas porque ele recebeu dinheiro do estado ilegalmente”-sublinhou Pereira.

Refira-se que este assunto, ainda pode ter alguns capítulos interessantes nos próximos dias, ao avaliar pelas reacções do acusado, neste caso Momade Juizo, que não se cansa de ligar para a imprensa pedindo para ouvir o que os seus superiores hierárquicos disseram em volta deste caso.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!