Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Novos protestos no Bahrain

Milhares de manifestantes anti-governo no Bahrain entraram na Praça Pearl, o ponto central dos protestos na capital Manama. Os manifestantes regressaram em jubilo, depois da policia de choque ter lançado gás lacrimogéneo e tiros. Noticias dão conta de 60 feridos.

O exercito que controlava a praça depois de ter usado de violência para controlar os manifestantes na quinta feira, foi retirado do local.

O príncipe de Bahrain iniciou conversações com os partidos da oposição. Entre os participantes nas conversações estão os principais partidos Xiita do estado gerido por Sunni, revela a nossa correspondente Caroline Hawley em Manama.

Noticias anteriores indicavam que o principal bloco Xiita, Wefaq, tinha rejeitado uma oferta do rei para as conversações com o objective de pôr fim aos protestos. Os manifestantes exigiam a retirada dos militares das estradas, antes do inicio das conversações.

Contudo, num comunicado feito à televisão do Bahrain, este sábado, o príncipe Salman bin Hamad al-Khalifa disse que a “calma era necessária nesta altura… para que todas as partes apresentassem as suas ideias”.

Informações sugerem que o príncipe – que controla as forças armadas – terá ordenado a retirada do exército das estradas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!