Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Nove supostos ladrões de combustível detidos em Tete

Nove cidadãos, dos quais dois adolescentes, estão foram do convívio familiar por conta do roubo de combustível na empresa Vale Moçambique, no distrito de Moatize, província de Tete, facto que segundo a companhia lesada acontecia de forma frequente, há meses.

Aquando da sua recolha aos calabouços, o grupo foi surpreendido na posse de 400 litros de combustível. A Polícia da República de Moçambique (PRM) contou que os presumíveis ladrões actuavam em conexão com determinados trabalhadores daquela firma. Estes é que forneciam informações ao grupo em troca de dividendos.

Da quadrilha fazem parte um agente de segurança privada afecto a uma empresa contratada pela Vale e um operador de máquina.

Para colocar a mão em alguns infractores, a Polícia analisou algumas chamadas telefónicas efectuadas pelos integrantes do grupo, tendo concluído que antes de concretizar o roubo de combustível trocaram informações entre eles sobre o assunto.

Enquanto isso, outros quatro cidadãos foram recolhidos aos calabouços na cidade da Matola, província de Maputo, acusados de roubo de baterias e geradores pertencentes a uma das três empresas de telefonia móvel que operam no país.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!