Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Netanyahu segue en contacto com Kadima e trabalhistas

O primeiro-ministro israelita designado Benjamin Netanyahu prossegue com as tentativas de unir o partido de centro Kadima e os trabalhistas a sua coalizão, ao mesmo tempo que se esforça para formar rapidamente um gabinete com os partidos de direita.

“Existem divergências entre o Kadima e o Likud, mas queremos formar uma coalizão governamental o mais ampla possível e os contatos neste sentido continuam”, declarou à rádio pública Gilad Erdan, responsável pelas negociações.

“Netanyhau já se encontrou três vezes com Tzipi Livni. Também tenta somar o Partido Trabalhista, mas isto não o impede de querer formar o mais rápido possível um gabinete, mesmo que depois tenha que revisar os acordos de coalizão fechados com os partidos religiosos e de ultradireita”, acrescentou.

Até o momento, o Likud só alcançou um acordo de coalizão governamental com o partido de extrema direita nacionalista Israel Beiteinu de Avigdor Lieberman.

Segundo a rádio pública israelita, o Likud encontra dificuldades para fechar acordos similares com o Shass (ortodoxo sefardita), o Judaísmo Unificado da Torá (ortodoxo asquenaze) e dois partidos de ultradireita, a União Nacional e o Lar Judeu.

Netanyahu tem que formar o governo e apresentá-lo até quinta-feira. Caso contrário terá que pedir ao presidente Shimon Peres um prazo adicional de duas semanas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!