Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Nestlé instala fabrica em Sofala

A multinacional do ramo alimentar, a Nestlé, esta a investir, no Município de Dondo, província central de Sofala, 30 milhões de dólares norte-americanos, na montagem, a partir do presente ano de 2011, de uma fábrica para a produção de alimentos.

Diogo Vitória, Director da Nestlé Moçambique Lda, diz que o projecto de construção desta unidade foi apresentado e aprovado pelo Governo, estando em curso, neste momento, o reassentamento das famílias retiradas do local onde será erguida a infra-estrutura. Segundo escreve o matutino “Noticias”, na sua edição de hoje, trata-se de uma indústria de produção de caldos de cozinha, leite, café e outro tipo de produtos alimentares.

Falando na noite de Quarta-feira última, na cerimónia de apresentação de uma nova marca de caldos daquela companhia, Diogo Vitória disse que a instalação da fábrica no Dondo vai trazer benefícios para muitos grupos de interesse, desde a própria companhia, passando pelos consumidores, ate os fornecedores de matéria-prima. “Nós teremos maior flexibilidade de adaptar a oferta dos nossos produtos e embalagens às necessidades dos nossos consumidores e os agricultores da zona, e não só, que poderão ser os nossos fornecedores”, disse Vitória, acrescentando que a ideia é abastecer o mercado interno e dos países vizinhos, especialmente da SADC.

A fonte apelou ainda ao Governo e a outras entidades para prestarem o apoio necessário para que o projecto possa, a breve prazo, alcançar o resultado desejado que é criar actividades de rendimento para os produtores locais e novos postos de emprego. Vitória escusou-se a revelar o número de pessoas que serão empregues com a abertura da fábrica, mas garantiu que grande parte da mão-de-obra será admitida a nível daquele município. Sem também revelar o número de agregados abrangidos pelo programa de reassentamento, Diogo Vitória explicou que a previsão é de que o processo termine nos próximos meses e a companhia comece a operar em 2012.

Por seu turno, o Ministro da Indústria e Comércio, Armando Inroga, que participou na cerimónia, explicou que o Executivo aprovou a criação desta fábrica no âmbito da sua política de criação de indústrias transformadoras a nível dos distritos. Inroga acrescentou que a instalação da fábrica no Dondo será de crucial importância, primeiro, a nível local, porque vai garantir mais postos de emprego e consequente geração de renda para mais famílias e, segundo, a nível nacional, porque o país passará a ter mais um produto para a exportação. Informações da Nestlé Moçambique Lda indicam que uma vez em funcionamento, a fábrica do Dondo usará matériaprima local e serão feitos produtos que vão responder às necessidades do mercado nacional e da região.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!