Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Nem todos os corpos das vítimas do voo da Air France serão recuperados

Os corpos das vítimas do acidente do voo da Air France Rio-Paris, em 2009, que estejam muito alterados, não vão ser trazidos à superfície, decidiram os dois juízes de instrução franceses, segundo uma carta às famílias das vítimas.

“Para preservar a dignidade e o respeito pelas vítimas e pelos que as choram, tomámos a decisão de não mostrar os restos [mortais] muito alterados”, escrevem os dois juízes parisienses, Sylvie Zimmermann e Yann Daurelle, numa carta dirigida aos familiares das vítimas a que a AFP teve acesso.

Em consequência, “decidiu-se não trazer à superfície mais do que dois restos mortais em estados diferentes de conservação, para determinar se a identificação é ou não realizável, depois de uma longa estadia no fundo do oceano”, dizem os magistrados.

No final da semana passada foram recuperados dois corpos de vítimas que estavam a bordo do avião da Air France que caiu no Oceano Atlântico em Junho de 2009.

“Contrariamente a algumas declarações públicas, divulgadas por diferentes meios de comunicação, devem saber que os restos mortais das vítimas que estão no fundo do mar estão inevitavelmente num estado degradado, depois do choque particularmente violento, do tempo que passou e do meio ambiente” a que estão expostos.

Os juízes de Paris insistem que “a subida até à superfície é necessariamente um fator suplementar de degradação”, pelo que, serão apenas trazidas “as vítimas que possam ser decentemente entregues às famílias em condições que possam ser identificadas”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!