Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

NBA final da Conferência Leste: Bulls atropelam Heat no 2º tempo e fazem 1 a 0

O jogo 1 entre Chicago Bulls e Miami Heat pelas finais da Conferência Leste começou com o equilíbrio esperado. Mas ele durou apenas o primeiro tempo. Depois do intervalo, o MVP Derrick Rose resolveu aparecer e os Bulls fizeram 1 a 0 na série com uma vitória por 103 a 82. Rose marcou 28 pontos no jogo e ainda contou com a valiosa ajuda de Luol Deng, com 21. Do lado do Miami, Chris Bosh foi o destaque marcando 30 pontos. Dwyane Wade fez 18, e LeBron James anotou 15.

Os olhos estavam voltados para Derrick Rose, LeBron James e Dwyane Wade, mas foi Chris Bosh quem começou se destacando. Com nove pontos da ala-pivô, o Miami Heat largou na frente e chegou a abrir oito pontos de vantagem (19 a 11), mas o Chicago Bulls conseguiu encostar para ficar a apenas três pontos no fim do primeiro quarto: 23 a 20.

A diferença de pontos acabou logo no início do segundo quarto, com 10m42s no relógio, quando Taj Gibson acertou uma linda enterrada em cima de Wade e ainda sofreu a falta, levantando a claque. Depois do lance livre convertido, o jogo ficou empatado em 25 a 25. O equilíbrio seguiu até o intervalo, com um empate de 48 a 48.

Se do lado do Miami as ações se concentravam no trio LeBron-Wade-Bosh (39 dos 48 pontos no primeiro tempo), o Chicago tinha a pontuação mais distribuída, com destaque para Rose e Deng. No segundo tempo, os gritos de “MVP” começaram a ser escutados no United Center. Derrick Rose cresceu no jogo, marcou dez pontos no terceiro quarto, e os Bulls começaram a construir uma vantagem, que chegou aos nove pontos quando o armador deu a assistência para Joakim Noah fazer 67 a 58.

O Miami parecia apático no início do último período, e o Chicago aproveitou. Com uma sequência de 11 a 2 nos primeiros quatro minutos, a distância subiu para 17 pontos (83 a 66). Do lado Heat, Chris Bosh era o único a se destacar. Bem marcados, Wade não pontuou no quarto e LeBron fez apenas uma cesta de três, enquanto o ala-pivô marcou nove pontos. Mas não foi nem de longe o suficiente. Além de Rose, os Bulls também tinham Luol Deng, que fez oito pontos apenas nos últimos 12 minutos. E Taj Gibson, que deu uma cravada no fim para colocar a vantagem em 23 pontos. Mario Chalmers ainda acertou uma bandeja para dar números finais ao jogo: 103 a 82 para os Bulls.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!