Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Não sinto prazer com nenhum dos dois

Olá Tina tudo bom? Estou muito aflita, tenho 20 anos e a 3 anos iniciei minha vida sexual. Separei-me do meu primeiro namorado a 6 meses e a 2 (…) com o actual; e semana passada passamos a noite juntos. O problema e que não sinto o prazer durante o acto. Com nenhum dos dois. Será que estou doente? Me ajuda por favor. Beijinhos.

Em primeiro lugar, meu bem, não estas doente! Muitas mulheres vivem casadas por mais de dez anos e nunca sentem prazer sexual. As razões? Muitas e diversas para cada uma. Em primeiro lugar, quando iniciamos a nossa vida sexual muito cedo, não temos tempo de conhecer o nosso corpo, de saber o que gostamos e o que não permitimos que nos façam. Eu sei que uma rapariga que iniciou a vida sexual aos 17 anos, muitas vezes fê-lo por pressão das amigas e do próprio namorado.

Mas nesta idade ela mal conhece o seu próprio corpo, o que a faz bem a este corpo, o que não deve permitir que seja feito deste e, pior ela nem chega a ser “dona” desse mesmo corpo. Então, assim sendo, vezes sem conta ela esta sempre tensa e a espera que o seu corpo seja “usado” pelo parceiro, porque não sabe muito bem o que deve fazer e o que DEVE RECEBER. Em segundo lugar, de forma generalizada e em quase todo o mundo, as mulheres não são permitidas de sentirem o prazer sexual. Como consequência, as mulheres inibem-se de explorar o seu próprio corpo e conhecer os seus pontos mais sensíveis.

Nas línguas tsonga diriam “swa yila” ou “é taboo” esse tal auto-conhecimento sexual! Mas eu aconselho todas as mulheres a explorarem os seus corpos sozinhas para o conhecerem: olha-te ao espelho sem vergonha, toca o teu corpo com amor e diz a ti mesma o que gostarias de receber. Para um homem, geralmente a ejaculação é o mais urgente e importante, e se tu não dizes o que sentes, o que desejas, ele raramente se vai preocupar em te proporcionar o prazer merecido.

Assim sendo, pensa nisto que te digo. Embora algumas manas mais velhas podem criticar a tua curiosidade aos 20 anos, se conheces alguma em quem confias, conversa com ela, tira as tuas dúvidas sobre o que me falas. Vinte ou não vinte anos, tens uma preocupação legítima e mereces encontrar respostas. Só tem cuidado de ires na onda de coisas perigosas para a tua saúde, como fazer sexo com mais que um homem ao mesmo tempo, ou não utilizar o preservativo!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!