Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Nampulense de futebol com problemas

O “Nampulense”, como é denominado a partir desta época, o campeonato provincial de futebol da primeira divisão sénior de Nampula, rodou, no pretérito fim-desemana, a sua terceira jornada da primeira volta. E, com ela veio ao de cima, a gritante incapacidade de alguns clubes participarem nesta prova, quer financeiramente assim como desportivamente, resultando deste facto a inconclusão de algumas partidas, ora por falta de pagamento aos árbitros ou, pior ainda, por motivos de vandalismo que já estão a ocorrer nalguns recintos.

Já havia acontecido na jornada anterior, em que o Sporting de Angoche não conseguiu pagar as despesas inerentes à organização do jogo, que realizou com Moçambique Futebol Clube da Ilha. E, na última ronda, foi a vez do Benfica da mesma cidade não conseguir compensar os honorários referentes à partida que disputava com a Casa Issufo. O que levou os árbitros a não regressarem para a segunda metade dos jogos.

Outra nota negativa que está a manchar o “nampulense” é o facto de estarem já a ocorrer actos de vandalismo que inviabilizaram o fim de duas partidas, nomeadamente entre EDM e Moçambique Futebol Clube da Ilha e entre Ferroviário de Nampula e Associação Desportiva de Monapo.

Na primeira partida, os jogadores do Moçambique FC inviabilizaram a marcação de uma grande penalidade a castigar uma falta dentro da grande área com direito a um vermelho directo e não aceitavam que o seu colega de equipa fosse expulso. No segundo encontro, o árbitro viu-se forçado a terminar o jogo, depois de marcar uma grande penalidade a favor do Ferroviário de Nampula, no tempo de compensação e que foi violentamente contestada pelos jogadores do Monapo.

Mesmo assim, as outras partidas que contavam para a mesma jornada, o Ferroviário de Nacala recebeu e derrotou o Benfica de Nampula por três bolas a uma, isolando-se, deste modo, na liderança da prova com nove pontos, seguido pela EDM que espera do resultado do jogo na secretária com seis, os mesmo que o Sporting de Nampula, Benfica, Desportivo de Nacala.

Eis o quadro dos resultados conseguidos na ronda da terceira jornada:

Ferroviário de Nacala, 3 – Benfica de Nampula, 1

Hospital Central de Nampula, 1 – Desportivo de Nacala, 3

Angoche Clube de Desportos, 0 – Sporting de Nampula, 1.

 

As partidas EDM – Moçambique FC, Ferroviário de Nampula – AD de Monapo e Benfica de Angoche – Casa Issufo, não terminaram por motivos acima mencionados, esperando-se os resultados na secretária.

A partida entre FUT Escola e Sporting de Angoche foi adiada para uma data a anunciar.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!