Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Nampula: ‘cabritos vadios’ serão abatidos

O Concelho Municipal da cidade de Nampula acaba de emitir uma ordem que autoriza os seus fiscais e agentes da polícia municipal a capturar, para posterior abate, de todos os cabritos “vadios” que, nos últimos dias, pululam nos vários bairros suburbanos.

A acção surge como medida extrema ao problema, em virtude de não terem sido acatados os avisos emanados do executivo no sentido de manter encurralados os referidos animais.

Castro Namuaca, presidente do Concelho Municipal e pessoa que deu a conhecer a introdução desta medida no decurso da sua visita de trabalho aos bairros periféricos, que abrangeu, Terça-feira, o bairro de Muatala, explicou que em todos os postos administrativos urbanos foram criados currais para a detenção dos animais, enquanto que a multa a pagar pelos respectivos donos vai até 200 meticais.

‘E, caso o período de retenção aumente, seremos obrigados a abater os animais e oferecer a sua carne aos infantários’. Ainda no bairro de Muatala, o edil de Nampula visitou a associação comunitária “Muaweriaka”, cujos membros estão envolvidos na abertura de uma via de acesso que ligará a zona do paiol à fábrica de cervejas local.

No contacto que manteve com as populações, Namuaca foi informado que elas enfrentam problemas de falta de água e energia eléctrica. Disseram que já temos canalizações e, felizmente, o mesmo acontece em relação à energia eléctrica, embora fraca. Mas, o que sucede é que ficamos às vezes dois ou três dias sem que o líquido jorre nas torneiras.

No que se refere ao saneamento do meio, um problema que Muatala e Mutaunha enfrentam com severidade, o chefe do posto administrativo de Muatala, Ernesto Namaito, referiu que já foi feito um recenseamento das famílias mais afectadas, que serão posteriormente movimentadas para as zonas de menor risco.

Pronunciando-se à volta das questões colocadas, o presidente do município da cidade de Nampula explicou que, com a reabilitação da barragem, construção de novas estações de bombagem, o abastecimento de água poderá melhorar nos próximos dois anos, o mesmo acontecendo em relação à energia eléctrica.

De referir que trata-se da primeira vez que Namuaca “desce” ao nível dos postos administrativo urbanos para contacto directo com as bases. Pois que antes, Namuaca só reunia com os conselhos consultivos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!