Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Na morgue de Lichinga – Câmaras frigoríficas avariadas

O sistema de frio da morgue do Hospital Provincial de Lichinga (HPL) está avariado há duas semanas e prevê-se que a reparação dure um mês, visto que é preciso importar as peças da África do Sul passando por Maputo, uma situação que complica a conservação de corpos.

 

 

O edil da cidade de Lichinga, Augusto Assique, confirmou a situação e garantiu que tudo voltara ao normal brevemente. “De facto. São seis câmaras frigoríficas da morgue, há uma peça importante que avariou, já pedimos cotações, mas localmente a empresa que nos apresentou não reúne requisitos legais”, disse para depois acrescentar, “pedimos nova cotação em Maputo e estamos a espera”.

Segundo aquele responsável, o dinheiro para reparar os aparelhos existe, mas para desembolsar é preciso seguir-se certos procedimentos legais. “É lamentável que a conservação de corpos esteja afectada na cidade, são seis câmaras que estão avariadas,” disse a terminar.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!