Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Município que por ordem no Chamanculo

Foi lançado na manhã desta quarta-feira na cidade de Maputo, o projecto de requalificação do bairro do Chamanculo C. A requalificação daquele bairro da capital do país surge na sequência do desordenamento urbano e territorial que ali se assiste e o crescente número de habitantes que constroem em lugares impróprios.

Estes e outros factores têm provocado problemas que se circunscrevem nas más condições de higiene colectiva, problemas das águas sujas proveniente de esgotos que acabam se espalhando pelas ruas ou ruelas do bairro.

No bairro Chamanculo a circulação de viaturas não se realiza como deve ser, no interior quase não existe ruas ou estradas, todas as casas estão apertadas e na calada da noite os malfeitores fazem disso um pretexto para arranjarem esconderijos ao longo dos becos (ruelas) para lograr os seus intentos.

Os moradores daquele bairro abordados pela nossa reportagem foram unânimes ao afirmar que o projecto ora lançado pelo conselho municipal vai mudar o rosto do bairro, que é um mau exemplo, em termos de desordenamento urbano e proliferação de casas não parceladas.

Ângela Monjane reside no bairro Chamanculo C a sensivelmente 15 anos, segundo nos conta quando começou a fixar residência naquele ponto, a situação era relativamente melhor, por entre as residências existiam ruas que permitiam uma melhor circulação de viaturas e peões, “mas desde o ano 2000, as coisas tendem a mudar para o pior, as pessoas já não olham onde construir, qualquer lugar que elas apanham erguem as suas casas, mesmo em lugares impróprios”, conta para depois acrescentar que muitas ruas do interior daquele bairro já foram engolidas pelas residências.

“A rua que dá acesso a minha casa está sempre cheia de água suja, por mais que não chova”

Para Alfredo Matusse, Chamanculo C está mergulhado num verdadeiro caos, nos dias de chuva, as nossas casas ficam submersas, as águas não têm por onde escorrer, como consequência disso, são os charcos ou águas mal paradas. “A rua que dá acesso a minha casa está sempre cheia de água suja, por mais que não chova, alguns moradores de má fé, abrem esgotos e as águas turvas acumulam-se nos buracos ao longo das ruas, o que representa um perigo à saúde pública”, acrescenta.

Aquele bairro da cidade de Maputo para além dos problemas de saneamento e desordenamento urbanos, debate-se com a situação da criminalidade, na calada da noite, os malfeitores posicionam-se por entre as ruas do bairro com o fito único de expropriar os bens dos cidadãos. São estas as marcas que sobressaem à superfície quando se fala de Chamanculo.

Uma fonte do Conselho Municipal de Maputo, disse que com o lançamento do projecto de requalificação daquele bairro, a situação actual vai mudar consideravelmente, pois, este projecto vai trazer um novo rosto a zona e as pessoas vão deixar de ter a má imagem inculcada nas sua cabeças quando se fala de Chamanculo.

Refira-se que esta actividade se insere no programa das festividades do 124° aniversário da cidade do Maputo, que se assinala este 10 de Novembro. Ainda no âmbito da efeméride, o Conselho Municipal da Cidade do Maputo oferece aos munícipes um mega-concerto a acontecer hoje na Praça da Independência a partir das 19.00 horas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!