Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Município da Beira suspende dez funcionários

O Conselho Municipal da Cidade da Beira suspendeu ao longo do presente trimestre pelo menos dez funcionários indiciados de prática de várias infracções no desempenho das suas funções.

O Autarca soube que ;pelo menos dois dos dez funcionários foram suspensos por ter desviado do armazém de aprovisionamento 38 capas de cobertura, outros sete por terem desviado um camião de pedras para posterior venda e o último, nomeadamente do sector de contabilidade, por estar envolvido em actos de tramitação ilegal de terrenos.

Os funcionários suspensos pela edilidade durante o período em referência aguardam a tramitação dos respectivos processos disciplinares. Nenhum dos funcionários, segundo soubemos, foi sujeito a procedimentos criminais até o presente momento.

113 funcionários aguardam reforma

Por outro lado, O Autarca soube que ao nível do Município da Cidade da Beira, um total de 113 funcionários aguardam reforma. Isso poderá implicar uma redução significativa dos recursos humanos municipais, pelo que a edilidade devera tomar medidas para o provimento das vagas a serem aber tas. Os funcionários em alusão encontram- se afectos em quase todas as áreas de actividade do Município.

Entretanto, no âmbito da pro vidência social, O Autarca soube que no trimestre em referência foram devolvidos nove processos referentes a pensão de sobrevivência por falta de diploma de provimento, reconhecimento de fotocopias de bilhetes de identidade, divergência na contagem do tempo e por falta de certidão de tutela passada pelo Tribunal Judicial.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!