Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mundial 2014: Autoridades de Camarões investigam alegações de jogos arranjados

Camarões vai investigar denúncias de que sete dos seus jogadores estiveram envolvidos na combinação de resultados de jogos do Mundial que decorre no Brasil, disse a federação de futebol do país (Fecafoot) na segunda-feira.

A Fecafoot afirmou que instruiu o seu comité de ética a investigar as denúncias do que descreveu como uma “fraude” nas três partidas da equipe no Brasil, em particular na derrota por 4 x 0 para a Croácia em Manaus, o segundo jogo pelo Grupo A.

“Denúncias recentes de fraude em torno dos três jogos de Camarões na Copa do Mundo 2014, em especial em Camarões versus Croácia, assim como a existência de ‘sete maçãs podres (na nossa seleção), não refletem os valores e princípios promovidos pela nossa administração”, disse um comunicado da Fecafoot.

“Queremos informar o público em geral que, embora ainda não contatada pela Fifa sobre esse assunto, a nossa administração já instruiu o Comité de Ética para investigar mais a fundo essas acusações”, acrescentou a federação.

“Estamos fortemente comprometidos a lançar mão de todos os meios necessários para resolver essa questão perturbadora sem demora”, disse o presidente interino da Fecafoot, Joseph Owona.

As denúncias contra Camarões vieram do fraudador condenado Wilson Raj Perumal, que previu com precisão num debate com a revista alemã Der Spiegel o resultado e a expulsão de um jogador.

O médio camaronês Alex Song foi expulso antes do intervalo após dar uma cotovelada nas costas do croata Mario Mandzukic no meio-campo sem razão aparente, deixando seu time com 10 homens na maior parte do jogo. O jogo também foi marcado por um incidente perto do fim, quando Benoît Assou-Ekotto deu uma cabeçada no companheiro de equipe Benjamin Moukandjo.

A federação camaronesa abriu uma investigação sobre o incidente, mas ainda não deu sinal de nenhuma punição disciplinar.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!