Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mulher presa em Tete por posse de soruma e três cidadãos por assassinato

Uma mulher está a contas com as autoridades policiais moçambicanas, desde segunda-feira (23), no distrito de Angónia, província de Tete, acusada de posse ilegal de 65 quilogramas de cannabis sativa, vulgo soruma, e tentativa de suborno aos agentes da Lei e Ordem, desembolsando 2.500 meticais para que não fosse responsabilizada.

Trata-se de Teresa Nguiraze, de 38 anos de idade, e que se fazia transportar num camião. Ela caiu nas mãos da Polícia de Guarda-Fronteira, no posto de controlo de Madeia, em Angónia, deslocava-se para Zimbabwe.

Segundo as autoridades em Tete, o estupefaciente estava escondido em dois sacos de ráfia e de longe parecia mapira. Presume-se a droga seria vendida no Zimbabwe.

Ainda em Tete, a Polícia da República de Moçambique (PRM) deteve, na segunda-feira (23), no distrito de Macanga, três cidadãos por alegado linchamento de igual número de líderes comunitários, acusados de feitiçaria. Os visados faziam parte de um grupo de populares que também procurava fazer justiça pelas próprias mãos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!