Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mulher mata-se por razões desconhecidas em Maputo

Uma jovem que respondia pelo nome de Ilda, de 24 anos de idade, deu um fim à própria vida, deliberadamente, na madrugada de quarta-feira (07), no bairro Luís Cabral, na capital moçambicana, por motivos não esclarecidos.

Uma das irmãs da vítima contou que durante a madrugada ouviu um ruído que atrapalhava o seu sono e despertou para apurar o que se passava.

“Perguntei à mana Ilda o que é que estava a fazer com a cadeira e a corda. Ela disse estava a esticar a rede mosquiteira. Continuei a dormir porque ela sempre subia na cadeira para fazer isso no sentido de os filho estarem protegidos dos mosquitos”, relatou a jovem, acrescentando que ficou chocada ao descobrir a finada matou-se.

Antes de se suicidar, a jovem tentou o mesmo acto com recurso a uma capulana, mas fracassou e optou por uma corda amarrada a um dos barrotes que suportam a cobertura do quarto onde dormia.

Ainda segundo a família, a finada, que deixa dois filhos menores de idade, desentendeu-se com o ex-marido, que ameaçava arrancar-lhe os miúdos. A Polícia trabalha com vista a esclarecer o caso.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!