Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mulher mata a tia com machadada na cabeça em Inhambane

Uma cidadã de 31 anos de idade, cuja identidade não apurámos, está a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM) na cidade de Maxixe, província de Inhambane, acusada de ter assassinado a sua própria tia com golpe de machado na cabeça, supostamente por feitiçaria.

A indiciada confessou o crime mas alegou que ela não fica no lar e não arranja emprego por conta da bruxaria da malograda. “Perguntei a ela (a vítima) sobre as coisas que me fez (feitiçaria) e confirmou que me entregou aos espíritos para ela ter sucesso na vida e eu não. Fiquei nervosa e bati a ela na cabeça com um machado que estava lá dentro da casa”.

O crime deu-se no bairro Nhamxaxa e a suposta homicida é mãe de três filhos. Um processo-crime está a correr os devidos trâmites e a Polícia promete não ser implacável em relação a este caso.

Enquanto isso, a jovem identificada pelo nome de Ademira António, de 22 anos de idade, que acabou com a vida do seu irmão e pôs-se em fuga, há dias, no bairro 03 de Fevereiro, em Maputo, com recurso a um instrumento de pilar, em consequência de uma discussão em torno de um fogão, já está sob custódia policia, desde a última sexta-feira (11).

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!