Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mugabe assina nova Constituição do Zimbábwè

O presidente do Zimbábwè, Robert Mugabe, assinou uma nova Constituição, esta Quarta-feira (22), em substituição a um documento de 33 anos criado nos últimos dias do domínio colonial britânico, abrindo caminho para eleições este ano.

A Constituição, aprovada por maioria esmagadora num referendo em Março, reduz os poderes do presidente e impõe um limite de dois mandatos. No entanto, a lei não se aplica retroactivamente, e Mugabe, de 89 anos, pode procurar estender os seus 33 anos no poder por mais uma década.

Um radiante Mugabe, acompanhado pelo primeiro-ministro Morgan Tsvangirai, o seu principal rival político, e do vice-presidente Joice Mujuru, assinou várias cópias da carta na Casa do Estado, na capital Harare.

Assessores e outros políticos presentes noo evento irromperam em aplausos no momento em que o líder largou a caneta. A Constituição foi formada como parte de um acordo de partilha de poder entre Mugabe e Tsvangirai depois das eleições contestadas e violentas em 2008.

O Parlamento de coligação de cinco anos formado sob o mesmo acordo expira a 29 de Junho, e as eleições parlamentares e presidenciais devem acontecer dentro de 90 dias a partir dessa data.

No entanto, muitos obstáculos permanecem, inclusive procurar os estimados 130 milhões de dólares necessários para financiar as eleições e chegar a um acordo sobre monitores externos. O governo do Zimbábwè rejeitou as ofertas da ONU ou a assistência de doadores.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!