Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambola 2014: “Muçulmanos” derrotados em casa

O líder do Moçambola foi derrotado em casa neste domingo(21) pelo Desportivo de Maputo. Jojó marcou o único golo da partida disputada no campo do campeão em título. No clássico da jornada 22ª do Campeonato Nacional de Futebol o Ferroviário de Nampula empatou sem abertura de contagem diante do seu homónimo da Beira e continua em perseguição da Liga Muçulmana, que continua a liderar mas apenas com um ponto de vantagem.

Os alvi-negros, logo que o árbitro deu a permissão para o início da partida, mostraram que foram para Matola C, campo da Liga Muçulmana, para lutar pelos três pontos. Por seu turno os anfitriões continuam com a tendência de não brilhar na primeira metade.

A formação de Antero Cambaco foi a primeira a visitar a baliza contrária. Decorria o minuto cinco, quando Lanito depois de ganhar no despique com Kito descobre passa para Geraldo que dentro da grande área rematou e o esférico saiu ao lado.

Na resposta dos anfitriões, Muandro, depois de uma combinação com Liberty, perto da linha do fundo cruzou para a linha da pequena área, mas Wilson com uma palmada desvia a bola do alcance de Zico que estava pronto para visar a baliza.

Aos 18 minutos, Lanito com um passe magistral isola Jair, mas este rematou ao alcance de Milagre. A partida esta mais equilibrada e estava a ser disputada numa toada de ataque e resposta. A passagem do minuto 27, com alguma passividade da defensiva alvinegra, Telinho combinado com Zico que, no vértice da grande área rematou em arco para uma excelente defesa de Wilson.

Volvidos 12 minutos, na sequência de um livre a entrada da área a castigar uma falta de Gildo sobre Jojó, Jorge desferiu um portentoso remate, mas a bola passou a escassos centímetros da baliza de Milagre. Nos últimos dez minutos da primeira parte o jogo baixou de intensidade e perdeu alguma qualidade.

Aos 42 minutos Lanito flecte pela direita e cruza para a marca de grande penalidade onde esta Jojó que sem oposição cabeceou ao lado. No último lance da primeira parte, a passagem do minuto 45, Kito galgou terreno ate a linha de fundo e cruzou para a grande área, Avelino sem oposição rematou a figura de Wilson.

Jojó garante mais três pontos para os alvi-negros

Com sede de vitórias, os muçulmanos entraram na etapa complementar transfigurados e logo no primeiro minuto depois de uma combinação com Liberty, Kito colocou a bola nos pés de Avelino sem marcação rematou fraco para uma defesa segura de Wilson.

A equipa de Sérgio Faife estava na mo de cima, o que de certa forma condicionou a forma de jogar dos forasteiros que optaram por baixar as suas linhas para sair em jogadas rápidas. Aos 50 minutos, Kito subiu completou o corredor direito e cruza para a marca da grande penalidade, onde estava Avelino que cabeceia e o esférico saiu a poucos centímetros do poste esquerdo da baliza de Wilson.

Os alvinegros responderiam á passagem do minuto 59, Geraldo do meio da rua rematou forte mas a bola saiu ao lado da baliza de Milagre. Volvidos quatros minutos, depois de sucessivas trocas de passe na zona meio campo, Muandro descobre Zico dentro da grande área, mas este não acertou nas redes.

O Desportivo chegaria ao golo aos 67 minutos. Na sequencia de uma perda de bola por parte de Eusébio, Cremildo com um passe magistral isola Jojó que apenas limitou-se a escolher aonde e que queria colocar a bola, para alegria da claque raça alvinegra.

Em desvantagem os muçulmanos não arregaçaram as mangas, correram atras do prejuízo e a passagem minuto 81, Eusébio com um passe teleguiado isola Imo que rematou ao alcance de Wilson. Antes do apito final as duas equipas beneficiaram de oportunidades para marcar, mas o um a zero prevaleceu ate ao final do tempo regulamentar.

Clássico entre Ferroviários termina sem golos

O Ferroviário da Beira e o seu homónimo de Nampula não souberam aproveitar o deslize dos campeões em título. Os dois emblemas locomotivas não foram além de um empate sem abertura de contagem, numa partida em que a equipa de Rogério Gonçalves terminou a partida em superioridade numérica porque Mário foi expulso no decorrer da segunda parte.

Ainda neste domingo (22), o Ferroviário de Maputo, com golos de Andro, Chico e Luís, derrotou o Clube de Chibuto por três bolas a zero. O Costa do Sol venceu o Ferroviário de Pemba pela marca de 3 a 1 enquanto o Maxaquene perdeu, em casa, diante do HCB de Songo pela margem mínima.

Já no sábado (21), o Desportivo de Nacala cilindrou a formação do Têxtil de Púnguè pelos esclarecedores 5 a 1, Carvalho foi o destaque ao apontar três golos. Por seu turno, o ferroviário de Quelimane derrotou o Estrela Vermelha da Beira por um a zero.

Quadro de resultados da jornada 22

Ferroviário de Quelimane 1 – 0 Estrela Vermelha da Beira

Desportivo de Nacala 5 – 1 Têxtil de Púnguè

Ferroviário de Maputo 3 – 0 Clube de Chibuto

Maxaquene 0 – 1 HCB de Songo

Ferroviário da Beira 0 – 0 Ferroviário de Nampula

Liga Muçulmana 0 – 1 Desportivo de Maputo

Costa do Sol 3- 1 Ferroviário de Pemba

 

Confira a tabela classificativa:

P Equipas J V E D BM BS SG P
1 Liga Muçulmana 22 11 7 3 31 11 20 43
2 Ferroviario de Nampula 22 12 6 4 22 11 11 42
3 Ferroviario da Beira 22 11 5 5 24 13 11 39
4 Desportivo de Maputo 22 10 5 7 30 22 78 35
5 HCB de Songo 22 10 5 7 27 20 7 35
6 Maxaquene 22 9 5 8 22 16 6 35
7 Clube de Chibuto 22 8 6 8 25 25 0 30
8 Costa do Sol 21 8 5 7 24 20 24 29
9 Desportivo de Nacala 22 7 8 8 21 24 -3 29
10 Ferroviario de Quelimane 22 7 4 11 16 30 -14 25
11 Ferroviario de Maputo 22 6 8 8 22 21 1 25
12 Textil de Pungue 22 4 6 12 9 30 -21 18
13 Ferroviario de Pemba 22 4 6 10 15 28 -13 18
14 Estrela Vermelha da Beira 21 3 9 8 8 19 -11 18
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!