Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mortos de guerra síria sobem para 82 mil, segundo a oposição

Pelo menos 82 mil pessoas foram mortas e outras 12.500 estão desaparecidas depois de dois anos de guerra civil na Síria, disse o Observatório Sírio de Direitos Humanos, este Domingo.

A maioria das vítimas foi morta por soldados e milícias leais ao presidente Bashar al-Assad e acredita-se que a maioria dos desaparecidos foi detida pela polícia secreta do governo e outros apoiantes, disse o grupo de monitoramento da oposição.

“A vasta maioria das vítimas civis foram mortas pelo regime. Assassinatos em prisões não-oficiais são comuns, e as condições em que os prisioneiros são mantidos são horríveis”, disse Rami Abdulrahman, presidente do Observatório.

O Observatório, estabelecido por Abdulrahman na Grã-Bretanha sete anos atrás, disse que 4.788 crianças estavam entre os 34.473 civis mortos. Outros 12.916 combatentes contra Assad foram mortos, junto com 1.924 desertores do exército, disse o órgão.

Do lado dos leais ao presidente, 16.729 soldados e 12 mil homens da milícia e informantes foram assassinados. “Os números que temos são das mortes documentadas”, disse Abdulrahman.

“Estimamos que o número total de pessoas mortas desde a revolta ultrapasse 120 mil.”

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!